Edmundo Pedro Um Homem Bom da República e da Liberdade

O Centro Cultural de Belém presta homenagem a Edmundo Pedro resistente anti-fascista e distindo associado do movimento 'Não Apaguem a Memória'.

8 de novembro  às 18.00h.

CCB - Sala Luís de Freitas Branco

Edmundo Pedro - dia literario no CCB

Edmundo Pedro © Miguel Valle de Figueiredo

No dia em que cumpriria 100 anos de vida, a Fundação Centro Cultural de Belém evoca este grande cidadão Português cuja vida, tão intensamente vivida, atravessa todo um século da nossa História. Símbolo da liberdade e da resistência antifascista, viveu dez anos da sua juventude no campo de concentração do Tarrafal, onde viu morrer alguns camaradas seus, como Bento Gonçalves, que tanto marcaram a sua sólida formação política, cultural, e profissional, de humanista e autodidacta multifacetado. Conheceu praticamente todas as prisões do regime salazarista, e até à Revolução dos Cravos foi sempre um activo e constante conspirador. Foi membro do Partido Comunista Português, depois militante socialista, e esteve presente ao lado do Partido Socialista em todos os combates decisivos da Democracia, sem nunca se acomodar a interesses e a benesses, mantendo-se sempre firme na defesa das ideias e dos valores que perfilhava. Era um homem livre. O seu exemplo de vida, a sua forma de estar, a pluralidade dos amigos que tinha, a obra que nos deixou, também detalhadamente relatada nos importantes livros que escreveu, são motivos mais do que suficientes para que, sem quaisquer hesitações, um conjunto de personalidades tenha aceitado participar neste tributo evocativo, a realizar na data do seu centenário.

Literatura e Pensamento

Oradores
Fernando Pereira
João Soares
José Pacheco Pereira
Luís Osório
Paulo Almeida
Vasco Lourenço
Moderação Elísio Summavielle

Entrada Livre

  • Visualizações: 120

Comments powered by CComment